Sobre

ODAIR ROGÉRIO DA SILVA

Sempre na luta em defesa dos trabalhadores (as) e da Casan

Odair e Leandro juntos na luta em defesa da categoria e da Casan

Odair Rogério da Silva, 52 anos, Assistente Administrativo, admitido na Casan de Rio do Sul em 1985.

No mesmo ano já ingressou na luta dos trabalhadores, participando da primeira grande greve da categoria e em todas as outras realizadas posteriormente, bem como nas lutas do povo brasileiro.

Odair esteve à frente de mobilizações, assembleias e greves para garantir direitos aos trabalhadores e aposentados e em defesa da Casan pública e de qualidade. Organizou protestos, reuniões, articulou audiências públicas, buscou apoio de lideranças comunitárias, do Executivo, Legislativo e da sociedade civil.

Com espírito aguerrido, capacidade de articulação e liderança, lutou bravamente em defesa dos trabalhadores, da nação e do povo brasileiro.

Dotado de muita convicção e coragem, liderou, com êxito, a luta contra as municipalizações em dezenas de cidades, como: Criciúma, Içara, Braço do Norte, Laguna, Garopaba, Florianópolis, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz, Porto Belo, Bombinhas, Piçarras, Barra Velha, Rio de Sul, Indaial, Mafra, Canoinhas, Caçador, Videira, Chapecó, Maravilha, entre outras, chegando a ser preso pela polícia em algumas Câmaras de Vereadores – Maravilha, Biguaçu, Imbituba, entre outras – porque estava lutando contra a privatização da Casan.

Em 1996, passou a integrar a direção do Sintaema, sendo vice-presidente na gestão 2002-2004 e sendo eleito e reeleito presidente do Sintaema por três gestões 2005 a 2013. Atualmente é diretor do Sintaema e suplente do companheiro Paladini no Conselho de Administração. Integra a Coordenação dos Movimentos Sociais de SC e é também Presidente Estadual da CTB.

Odair, mesmo enfrentando forte oposição – dos que hoje posam de defensores -, sempre foi um defensor e articulador dos financiamentos à Casan – JAICA, AFD, CEF, BNDES, etc., por ter clareza que esta seria a tábua de salvação dos trabalhadores. A vida comprovou que ele estava certo.

LEANDRO DELFINO

Leandro Delfino Antunes, 32 anos, é casado e tem dois filhos. É natural de Lauro Müller e reside em Criciúma há 13 anos. Formado pela Satc, é técnico em mecânica há 13 anos e há 9 anos ingressou na Casan. É graduado em Gestão Ambiental e especialista em Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável.

Imediatamente, após seu ingresso na Casan, integrou-se a luta da categoria, participando ativamente de assembleias, audiências públicas, paralisações, greves, etc., para defender a Casan pública e os direitos da categoria

Anúncios