Conselheiro Odair participa das paralisações do dia 17 de maio, no litoral norte

Companheiros (as), no dia 17 de maio participei e realizei reuniões nas agências do litoral norte com o objetivo de conscientizar a categoria da necessidade de lutar pelos seus direitos frente à proposta da CASAN, apresentada ao Sindicato para acordo coletivo 2016/2017, e que não atende as expectativas da categoria.Entendemos que, neste momento, as paralisações do dia 17 e 19 de maio poderão surtir efeito frente às negociações.

Neste roteiro que percorremos, informamos os trabalhadores (as) sobre a nossa atuação frente ao Conselho, dentro daquilo que sempre nos propusemos: a defesa permanente da CASAN, a ampliação de conquistas para a categoria, a luta permanente contra as TERCEIRIZAÇÕES, UMA NOVA GESTÃO PARA CASAN, bem como um PDVI COM NOVAS BASES.

PDVI COM NOVAS BASES

Defendemos:

  • Mínimo de 75% da remuneração variável (salário fixo, triênio, prêmio por titulação, média de horas extras, gratificação para dirigir, prêmio por conclusão de curso de nível médio e superior, 13º salário, insalubridade, entre outros;
  • A complementação da Casan deve acontecer independente do benefício do INSS;
  • Garantia do plano de saúde por tempo indeterminado, inclusive após o desligamento na aposentadoria;
  • Tempo de permanência no programa – até 65 anos de idade ou no mínimo 05 anos. A complementação até esta idade pode ser uma forma de garantir a complementação de 70% (Casanprev + INSS) da última remuneração do mês anterior ao desligamento do PDVI.

VISITA EM ARAQUARI

Nas visitas feitas nos locais de trabalho, recebemos as reivindicações da categoria, com destaque para situação de Araquari, em que os  trabalhadores do  operacional não tem um lugar decente para fazer suas refeições. As condições são as piores possíveis: local aberto ao tempo, eletrodomésticos (como fogão e geladeira) velhos e enferrujados e sem a mínima condição de uso. Por outro lado, já está em andamento a construção de uma nova ETA que deverá tratar 25 l/s em Araquari, que deverá melhorar o abastecimento no centro da cidade e no bairro Icaraí.

Com a nova estação, três poços no centro e um no Icaraí serão desativados, gerando economia de energia para Empresa. Até aqui tudo bem, o que desejamos é que, ao desativar a ETA do centro – onde está o setor de manutenção,  a Casan realize uma reforma no local (manutenção) para melhorar as condições de uso no dito refeitório, caso contrário será mais uma demonstração de falta de planejamento e má gestão.

Aos poucos vamos cumprindo uma agenda de visitas em nossas agências, procurando melhorar a vida dos trabalhadores e a qualidade da CASAN enquanto empresa pública.

Firmes na luta! Juntos somos fortes!

Confira, abaixo, as fotos da visita em Araquari:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s